Matrícula para iniciantes

 

 

 

 

Matrícula Tcheco para Crianças

 

 

 

VANILKOVÉ ROHLÍČKY (meia lua de baunilha)

RECEITA

Chegou a hora do Natal e os alunos junto com a professora Ivana Malechová e com a coordenadora pedagógica Nora Machalous prepararam o docinho de Natal típico da República Tcheca - VANILKOVÉ ROHLÍČKY (meia lua de baunilha).

  

 


O que vão precisar para a massa?

280 gramas de farinha de trigo

40 gramas de açúcar

100 gramas de castanhas do Pará moídas

(ou amêndoas, avelã, não usar nozes)

200 gramas de manteiga

2 gemas

1 pitada de fermentó pó (opcional)

baunilha em pó (ou outra forma de baunilha)

 

COMO FAZER?

Misturar todos os ingredientes e fazer os biscoitinhos no formato de meia lua. A massa deverá ficar na geladeira até o dia seguinte ou pelo menos 3 horas. Levar ao forno para assar em assadeira untada com manteiga e polvilhada com farinha de trigo ou com papel antiaderente. Assar os biscoitos por 10 a 15 minutos, temperatura entre 170 a 180 graus. Tirar os biscoitos do forno e passá-los ainda mornos no açúcar de confeiteiro (glaçúcar) misturado com baunilha em pó.

 

Os nossos vídeos foram gravados já utilizando a massa que ficou um dia na geladeira.

 

 

 

 

 

 

 

 

Aqui você tem os nossos resultados!

 

 

 

 

Bom apetite!

Ivana Malechová

 

 

 

 

 

 

GOULASH

Uma das atividades de extensão dos cursos de idioma tcheco são oficinas de culinária, uma oportunidade de acrescentar novos elementos de conhecimento de cultura tcheca para os alunos. Uma oportunidade de aprender novos termos, aprender sobre assuntos práticos de dia-a-dia, descobrir que povos que ocupam centro da Europa tem muita coisa comum, a começar pelos pratos de comida.
 
Nessa oficina que aconteceu em várias turmas para evitar excesso de aglomeração, a prof. Ivana preparou junto com os alunos num verdadeiro trabalho de equipe um dos pratos típicos tchecos (mas que a gente encontra nos cardápios de outras nações centro-europeias – por ex. húngaro e eslovaco), o “Goulasch”, em tcheco “Guláš“. É um prato à base de carne bovina com molho especial escuro, onde se usa muita cebola na preparação, além de outros temperos, acompanhado pelos bolinhos feitos de massa feita de batata ou pão, os famosos “Knedlíky” (povo alemão usa o termo “Knödel”). Na falta de “Knedlíky” o Goulasch pode vir acompanhado por um pão escuro típico tcheco. E claro, num almoço de domingo o prato vem acompanhado preferencialmente por uma cerveja “Pilsen”.
 
A oficina foi um sucesso, como podem ver nas fotos. Até a gente bebeu Becherovka para digerir bem! :)
 
 

 
 
 
O texto: Vit Vaniček
 
As fotos e a organização : Ivana Malechová e os alunos da UCTB
 
 
 
 
 
 
 
 

Comunidade tcheca representada nos Jogos Olímpicos de Tóquio

band

A comunidade tcheca em São Paulo está sendo representada nos Jogos Olímpicos de Tóquio.


Nas transmissões da BandSports, Vít Vaníček, está participando como comentarista convidado na canoagem!


Canoagem é uma modalidade de grande tradição na República Tcheca e já garantiu uma medalha em Tóquio para o time tcheco. Podemos contar com a presença do nosso comentarista nas transmissões das provas brasileiras, que também contarão com a participação dos tchecos nas mesmas categorias, sendo muitas vezes adversários diretos.


Boa sorte aos canoístas tchecos e brasileiros!

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

EDITAL - Assembleia Geral Extraordinária

União Cultural Tcheco Brasileira -

UCTB CNPJ/MF nº 43.306.240/0001-21

Edital – Assembleia Geral Extraordinária

 

Os Associados da União Cultural Tcheco Brasileira, Celso Kovacsik, Jan König, Jorge José Ladislão Novotny, Nora Machalous, Paulo Purkyt, Renata Danicek, Robin Hlavnicka e Terezinha de Fátima Pontin Novotny, representando mais de 1/5 dos associados, nos termos do artigo 11 do Estatuto Social, convidam todos os Srs. Associados da União Cultural Tcheco Brasileira, para participarem da AGE que se realizará no dia 14/08/2021, sábado, às 09:00h, em 1ª convocação e às 09:30h em 2ª convocação na sede da UCTB localizada na Rua Hideo Suguiyama, 79, São Paulo-SP, para deliberarem sobre o seguinte item da Ordem do Dia: Eleição de Diretoria pelo prazo de 02 (dois) anos. Visando evitar os graves problemas que ocorreram em assembleias anteriores e que prejudicaram a participação democrática e a deliberação plena e livre dos associados, a AGE observará o seguinte:

 

BAIXAR EDITAL

 

Leia mais:EDITAL - Assembleia Geral Extraordinária

A Páscoa Online na UCTB

beranek povedeny 4Os novos cursos de tcheco do semestre 2021/2022 já começaram! Infelizmente, as aulas estão por enquanto acontecendo online, mas já estamos todos ansiosos para nosso encontro aqui, na residência da UCTB.


As tradições normalmente significam reunirnos com familiares e pessoas próximas, para que juntos criarmos algo que remete aos nossos antepassados. É muito importante manter os costumes vivos e por isso decidimos comemorar essa data "mão na massa" mesmo que seja virtualmente.


Na Tchéquia, as tradições da Semana Santa são muito estimadas...mas como apresentá-las através de uma vídeo-chamada? Como dizem: quem quer de verdade, acha um caminho. Vou contar então o que fizemos nesta Páscoa Tcheco-Brasileira.


Primeiramente, fiz uma apresentação sobre a Páscoa e seu significado, mostrando que a tradição se deriva da comemoração judaica, o Pessach. Os alunos então aprenderam por que é que nós chamamos a quarta-feira da Semana Santa de "quarta-feira feia", como surgiu pomlazka (chicote artesanal) e como ela é feita. Descobrimos qual é o simbolismo de tirinhas coloridas na pomlazka e vimos a maior pomlazka tcheca, de 101 metros! Conhecemos ainda o Mazanec, um pão doce típico de Páscoa, similar à Colomba Pascal, e aprendemos como fazer os Jidásheks (em tcheco: “jidášek”) e, claro, o "Cordeiro", um bolo tradicionalíssimo, assado em uma forma de cordeirinho sentado.


Descobrimos ainda o que tem em comum a Matraca brasileira e a řehtačka tcheca, e também conhecemos o que há por trás da palavra "kraslice", uma forma de colorir e adornar ovos, que é outro costume relacionado com a Páscoa dos países do leste europeu.


Como agradecimento pelo esforço e presença de todos nas aulas, gravei um vídeo com a receita do Cordeiro de Páscoa, em que eu mesma preparei o doce típico. As crianças receberam por correios os tradicionais corantes para ovos.


Estou muito feliz por poder apresentar as fotografias da nossa homenagem à Páscoa tcheca: dá para ver que as crianças se demonstraram como excelentes artistas enquanto à decoração de ovos, e as mulheres comprovaram serem ótimas boleiras.


Estou muito orgulhosa de todo mundo!

Sua professora

Ivana Malechová, professora de língua tcheca, São Paulo, UCTB

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Pagina 1 de 6