A Páscoa Online na UCTB

beranek povedeny 4Os novos cursos de tcheco do semestre 2021/2022 já começaram! Infelizmente, as aulas estão por enquanto acontecendo online, mas já estamos todos ansiosos para nosso encontro aqui, na residência da UCTB.


As tradições normalmente significam reunirnos com familiares e pessoas próximas, para que juntos criarmos algo que remete aos nossos antepassados. É muito importante manter os costumes vivos e por isso decidimos comemorar essa data "mão na massa" mesmo que seja virtualmente.


Na Tchéquia, as tradições da Semana Santa são muito estimadas...mas como apresentá-las através de uma vídeo-chamada? Como dizem: quem quer de verdade, acha um caminho. Vou contar então o que fizemos nesta Páscoa Tcheco-Brasileira.


Primeiramente, fiz uma apresentação sobre a Páscoa e seu significado, mostrando que a tradição se deriva da comemoração judaica, o Pessach. Os alunos então aprenderam por que é que nós chamamos a quarta-feira da Semana Santa de "quarta-feira feia", como surgiu pomlazka (chicote artesanal) e como ela é feita. Descobrimos qual é o simbolismo de tirinhas coloridas na pomlazka e vimos a maior pomlazka tcheca, de 101 metros! Conhecemos ainda o Mazanec, um pão doce típico de Páscoa, similar à Colomba Pascal, e aprendemos como fazer os Jidásheks (em tcheco: “jidášek”) e, claro, o "Cordeiro", um bolo tradicionalíssimo, assado em uma forma de cordeirinho sentado.


Descobrimos ainda o que tem em comum a Matraca brasileira e a řehtačka tcheca, e também conhecemos o que há por trás da palavra "kraslice", uma forma de colorir e adornar ovos, que é outro costume relacionado com a Páscoa dos países do leste europeu.


Como agradecimento pelo esforço e presença de todos nas aulas, gravei um vídeo com a receita do Cordeiro de Páscoa, em que eu mesma preparei o doce típico. As crianças receberam por correios os tradicionais corantes para ovos.


Estou muito feliz por poder apresentar as fotografias da nossa homenagem à Páscoa tcheca: dá para ver que as crianças se demonstraram como excelentes artistas enquanto à decoração de ovos, e as mulheres comprovaram serem ótimas boleiras.


Estou muito orgulhosa de todo mundo!

Sua professora

Ivana Malechová, professora de língua tcheca, São Paulo, UCTB